Saúde Bucal Infantil fase a fase

img index banner

Saúde bucal infantil não começa quando aparecem os dentes! Há cuidados desde antes deles!

As precauções devem começar até mesmo antes da chegada do bebê, pois isso garantirá um crescimento saudável e sem problemas.

O Ministério da Saúde , em sua cartilha  Mantenha seu sorriso fazendo a higiene bucal corretamente, destaca a importância da saúde bucal, começando na primeira idade.

Esses cuidados são responsabilidade dos pais, afinal eles serão os primeiros a ensinar aos filhos a importância de como fazer a higiene bucal adequada.

Com seu exemplo e acompanhamento a criança aprenderá sobre como cuidar dos seus dentes, e como é divertido fazer isso!

A longo de sua infância, os pequenos passam por várias fases. Conhecer cada etapa é essencial para o desenvolvimento de uma perfeita saúde bucal durante a vida adulta.

Cabe ressaltar que uma atividade só vira hábito se for repetida inúmeras vezes ao longo do tempo.

Quando se é criança é muito fácil criar hábitos que serão levados por toda vida. Com um bom estímulo, se podem criar muitos hábitos saudáveis.

Essas ações no futuro trarão bons resultados, prevenindo doenças bucais, a deterioração e perda de dentes.

Se você se preocupa com a saúde de seus filhos, é bom começar pela boca!

Cada fase da vida da criança pede cuidados diferentes. Vejamos quais são eles.

Como cuidar da saúde bucal infantil: Fases e Dicas

A criança passa por fases em seu crescimento, e os cuidados com a higiene bucal devem acompanhar cada etapa.

Desde os primeiros dias do nascimento, no surgimento dos primeiros dentes, na troca pelos permanentes, saber como cuidar da saúde bucal da criança é de extrema importância.

A primeira ida ao dentista

A prevenção pode começar durante a gravidez, quando a mãe faz o pré-natal odontológico. Nesse momento o dentista  orienta sobre os cuidados com a boca do bebê desde seu nascimento.

Aliás, você sabia que a visita do bebê pode ser feita antes mesmo do nascimento dos primeiros dentes?

O dentista irá demonstrar e orientar os pais como é feita a higienização da boca após as mamadas e esclarecer como serão os próximos passos no desenvolvimento da dentição.

Outro fator importante é que já se inicia o contato da criança com o dentista, ajudando a criar uma consciência que o profissional é uma pessoa legal que vai ajudá-la.

Combater o medo que ainda muitos pais passam, ao ameaçar “punir” os filhos com a ida ao consultório odontológico caso não escovem os dentes.

As visitas ao dentista, estarão sempre presentes na rotina das crianças, respeitando o intervalo de 06 em 06 meses ao longo de toda a vida.

Higiene bucal em bebês – 0 a 6 meses

A higienização da gengiva da criança deve ser feita após a amamentação, para prevenção da formação de placas, que causam, por exemplo a candidíase oral (sapinho):

  • Utilize um pano ou gaze limpo, umedeça com água fervida ou filtrada e passe na boca retirando excesso de leite (do peito ou mamadeira).
  •  A limpeza das mamadeiras também é importante, sempre devem ser esterilizadas com água fervente, após sua utilização e armazenadas em lugares estéreis.

Aparecimento dos primeiros dentinhos – 6 a 24 meses

O bebê está inquieto, irritado e o choro é frequente. Isso pode ser sinal do nascimento dos primeiros dentes.

Eles costumam aparecer aos 6 meses. Nessa fase já se pode começar a escovação, com alguns cuidados:

  • Opte por uma escova de cerdas macias e um creme dental sem flúor, pois a criança ainda não consegue “cuspir” podendo engolir o produto.
  • Coloque uma pequena gota de pasta dental.
  • Faça a escovação, duas vezes ao dia com a duração de dois minutos.
  • Não espere que a criança fique parada! Tenha paciência e utilize de uma ambiente lúdico para que ela entre no clima, com brincadeiras e músicas.

Dentição completa – 2 a 4 anos

Nasceram todos os dentes, estágio que acontece por volta dos dois anos de idade.

A dentição está completa, então pode-se ampliar o hábito da escovação para mais vezes ao dia, já que a criança consome alimentos e bebidas.

  •  Converse com seu dentista sobre quais produtos são indicados para essa idade, que não agridem a mucosa oral .
  •  O creme dental já pode ser com flúor, mas esteja atento se a criança está cuspindo a pasta, pois o flúor em excesso pode levar a problemas de saúde.
  • Opte por escovas e cremes dentais temáticos, com personagens que a criança goste, isso despertará ainda mais o interesse pela escovação.
  • Faça do momento de higiene bucal um momento de pais e filhos, chame-os e juntamente excitem o hábito.

Troca de dentes e chegada dos permanentes – 5 a 7 anos

Na idade de 5 a 6 anos (varia de criança), os dentes começam o processo de troca dos de leite para os permanentes.

Com a dentição permanente os cuidados devem se intensificar.

  •  Além da escova, creme dental com flúor também deve ser usado o fio dental.
  • Ensine o uso correto do fio dental, caso necessite utilize a ajuda de passadores com cabos que facilitem para as crianças.
  • A criança deve estar ciente que a escovação é uma responsabilidade dela, ao acordar, antes de dormir e após as refeições, mas continue incentivando de forma divertida esses momentos.

Essa fase é de importância essencial no desenvolvimento da consciência sobre a saúde bucal.

Um estudo publicado na Revista Brasileira de Enfermagem, por exemplo, demonstrou que o estímulo lúdico elevou a taxa de escovação dental correta de 4,4% a 8,5% em uma unidade pré-escolar.

Dentes e cuidados permanentes – Acima de 8 anos

Nessa fase ainda há um mix  dentes de leite com os permanentes, que com o passar dos próximos meses se tornarão unanimidade.

Com a introdução da higiene desde o primeiro dia após o nascimento, a higiene bucal se tornou um hábito para a criança.

Assim, não serão necessárias grandes alterações, apenas supervisão!

  •  Siga de perto a higiene da criança orientação e supervisão dos pais são muito importantes para correção de procedimentos e estímulo aos cuidados com os dentes e com a boca.
  • Frise as consequências que a falta de higiene bucal pode acarretar no futuro.
  • Sempre esteja atento se escova está de acordo com a idade e o tamanho dos dentes de leite e permanentes.
  • Observe se as refeições tenham alimentos ricos em cálcio para o fortalecimento das partes ósseas do corpo, consequentemente dos dentes.
  • Fique atento com o consumo excessivo de doces, balas, bolachas e refrigerantes, fontes de alta concentração de açúcar.

Incentive os pequenos a cuidar dos dentes!

A saúde bucal infantil deve ser item prioritário nos cuidados, desde os primeiros dias de vida da criança.

Os pais – com o apoio dos dentistas-devem introduzir atividades de higienização bucal para seus filhos.

Em um primeiro momento responsável pela limpeza e cuidados. Logo, o pai assume o papel de tutor, ensinando aos pequenos como eles próprios podem cuidar de sua boca.

Como toda fase de aprendizado, o incentivo é muito importante!

Estabeleça com seus filhos uma rotina com um tempo exclusivo para escovação dos dentes, seguindo as recomendações do profissional responsável pelo cuidado odontológico de sua família.

Compartilhe essas informações com outras pessoas que têm filhos! A saúde bucal infantil é tema importante!

Quer saber mais sobre a higiene bucal dos pequenos? Uma consulta com o dentista ajuda muito!

Que tal agendar uma agora?

Implantes Dentários

Agende sua avaliação Grátis

Agende sua avaliação Grátis